Disbelieving is hard work: de deus, ao pai natal, ao amor.

Não sabemos quando foi que começamos a acreditar mas conseguimos identificar com precisão qual foi o momento no tempo, a reacção, ou a pessoa que nos fez deixar de acreditar. O que nasce na ilusão morre na desilusão.

1 comentário:

Sofia L. disse...

oh yes. so true.