Fire will always need air.

Não se enganem: o amor, na sua essência primeira, é, tal como o sexo ou a comida, uma necessidade. Com mais ou menos estrelinhas, coraçõezinhos e outros enfeites à volta, com mais ou menos variantes de simbioses, exclusividades ou egoísmos, usamo-nos todos para satisfazer necessidades. A diferença está no tempo que as pessoas demoram a descobrir isto. 

Porque há tantos caminhos e ninguém é dono da verdade. Porque aquele que vê não é aquele que sabe. Porque é muito mais que isto, mas também pode ser isto.

Sem comentários: